Criança emocionada grita 'pai!' Após o anúncio do decreto de adoção

Todas As Notícias
Criança emocionada grita 'pai!' Após o anúncio do decreto de adoção
Home Todas as notícias Inspiradora criança emocionada grita 'Dad!' Após o anúncio do decreto de adoção
  • Todas as notícias
  • Inspirador

Criança emocionada grita 'pai!' Após o anúncio do decreto de adoção

Por McKinley Corbley - 7 de fevereiro de 2018

Mandi e Tyler Palmer passaram os últimos dezesseis meses manobrando as montanhas de papelada e burocracia para que eles finalmente pudessem trazer o jovem Hunter para sua família. Finalmente, em 17 de dezembro, a criança se tornou seu filho legal - e todos ficaram emocionados.

Em uma submissão de blog para Love What Matters, Mandi explica como ela está lutando contra a doença de Crohn desde os 15 anos de idade. A moradora de Perrysburg, Ohio, passou por dezenas de cirurgias para lidar com a doença, muitas das quais a deixaram sem estômago normal.

A mulher de 32 anos ainda sofre de desnutrição e continua a sofrer diferentes cirurgias e infusões para manter sua condição sob controle.

Tyler, por outro lado, sofre de TEPT depois de passar por duas turnês no Afeganistão. Atualmente, ele participa de sessões regulares de terapia no VA Medical Center.

Depois que o casal se casou e se mudou para Ohio, eles decidiram que era hora de começar uma família - mas tiveram alguns problemas.

Mandi disse ao Love What Matters: 'Tentamos durante anos engravidar, mas logo percebemos que isso não iria acontecer, nem seria seguro para meu corpo sustentar o milagre da gravidez devido à minha doença. Ficamos com o coração partido e rapidamente nos encontramos buscando outras maneiras de fazer crescer nossa família e nos tornar pais.

a educação não está enchendo um balde

'Por causa das batalhas pela saúde que tivemos, não éramos o tipo de pessoa que simplesmente 'jogava a toalha' e deixava nossos sonhos de pais serem destruídos', acrescentou.

além de mim

Tyler e Mandi se tornaram pais adotivos para que pudessem tentar a adoção. Uma semana após a certificação, eles receberam uma ligação sobre um bebê recém-nascido que precisava de alguns pais amorosos para cuidar dele.

ASSISTIR: Menina interrompe a birra quando ela gira e vê o irmão voltar da marinha

'Chegamos aos serviços infantis e havia Hunter, todo embrulhado em um cobertor de recepção, e ele estava sendo mantido pelo nosso assistente social', disse Mandi. 'Ele tinha 8 dias e era absolutamente perfeito. Nós nos apaixonamos por ele instantaneamente.

Tornou-se óbvio que Hunter era mais do que apenas o nosso primeiro bebê. Ele era o nosso 'remédio' e ambas as nossas razões para combater as batalhas de saúde que recebemos. Ele realmente se tornou nosso 'porquê' na vida.

Então, em dezembro, Mandi e Tyler conseguiram assinar os documentos oficiais de adoção para tornar Hunter seu filho. Quando o juiz anunciou o novo nome do garoto, Hunter bateu palmas de alegria, virou-se para Tyler e gritou 'Papai!'

RELACIONADOS: 'Milagre na rua 85' - como um cachorro enorme salvou a vida de meu filho

“Aprendemos que há um arco-íris no final de cada tempestade e estamos muito agradecidos por termos continuado a luta. Ele é o nosso mundo e nossa razão de continuar lutando nessas batalhas. Meu marido disse que não há remédio para ajudar o TEPT, como se o filho levasse nosso sobrenome.

“Aprendemos que a família não tem a ver com DNA. É sobre amor!

petco esqueceu a senha

Multiplique as boas novas: Clique para compartilhar - Fotos de Anne-Marie Finn / Finn Photography

Coffee Cup

Quer um choque matinal de boas notícias?


  • TAG
  • Crianças
  • Adoção
  • Parentalidade
  • Crianças
  • Família
  • TEPT
McKinley Corbley Janosanfran 8 de fevereiro de 2018 às 18:38

Isso trouxe lágrimas aos meus olhos. Tão feliz pela nova família!